quinta-feira, 5 de Novembro de 2009

Galeria JUP: Mirror in the wall


A exposição fotográfica traduz a percepção do espaço com um carácter ecologista, contaminado por ressonâncias da constatação da própria natureza humana e das suas prioridades.

As fotografias fizeram parte da instalação realizada no Museu do Carro Eléctrico do Porto e a remoção da fase visual original restitui-lhes por inteiro o valor de fotografia enquanto individualização – a unicidade que cada imagem deve ser capaz de suportar.

A atitude artística e a postura criativa do fotógrafo promovem um ensaio fotográfico em que é nuclear a reflexão sobre a natureza humana e a sua relação com o tempo, com os princípios de organização e atitudes sociais, e com o planeta (vivo, mas cada vez menos).

As imagens resultam como elementos residuais do processo de interacção do autor com o mundo por meio do olhar fotográfico. A práxis da criação constitui elemento fundamental quando, numa inversão de sentido, a aquisição do mundo funciona como reflexão introspectiva sobre o próprio artista. A natureza etérea das imagens certifica a existência física do seu criador. Ou serão as pessoas também apenas um conceito?

BIO | Nelson Sousa

O seu percurso académico é realizado na área das Ciências Naturais, com especializações em Biologia e Microbiologia, e concluído com uma licenciatura em Publicidade.

Fotógrafo autodidacta quase que na totalidade, começou a fotografar em 1994 e utiliza a fotografia como ferramenta prioritária de expressão desde 1998. Durante alguns anos deu formação didáctica e profissionalizante.

Sem comentários: